Força tarefa postos de combustíveis leva proprietário de posto à delegacia - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Força tarefa postos de combustíveis leva proprietário de posto à delegacia

Por: Itiruçu Notícias - sexta-feira, 4 de agosto de 2017 - 0 Comentários


Proprietário de posto de combustível de Salvador teve que ir para delegacia explicar porque seu posto estava lesando o consumidor de maneira acintosa. Para um tanque de 50 litros, o dono do veículo estava perdendo meio tanque no ato do abastecimento. O erro máximo permitido, de acordo com a legislação metrológica brasileira é de perda de até 100 ml a cada 20 litros. O posto estava praticando o dobro da perda (200 ml) para os clientes. O bico de bomba irregular foi interditado pelo Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro), órgão delegado do Inmetro na Bahia. E o posto autuado.
“Levamos o proprietário e o gerente do posto para depor e vamos enquadrá-lo no artigo 7º do inciso 9º da Lei 8.137 de crime contra as relações de consumo. O artigo estabelece que é crime expor a venda ou manter em depósito produto impróprio para o consumo”, afirmou Idalina Otero, delegada titular da Delegacia de Defesa do Consumidor da Polícia Civil da Bahia.

O posto interditado é da bandeira Shell e fica na Vasco da Gama. “Não podemos informar o nome do posto porque ele tem direito a defesa junto ao Ibametro para explicar possíveis motivos da irregularidade. Mas interditamos imediatamente este bico de bomba, impossibilitando novas lesões ao consumidor e autuamos a empresa”, informa Randerson Leal, diretor-geral do Ibametro.
A Força-Tarefa Postos de combustíveis aconteceu ontem e hoje (dias 03 e 04/08), em Salvador, percorrendo postos de bairros diversos, incluindo as avenidas Paralela, Vasco da Gama e a Baixa de Quintas, entre outros. Um total de nove postos foram fiscalizados, sendo 81 bicos de bombas verificados quanto a aspectos como vazamento de combustível nas bombas, lesão ao consumidor no ato do abastecimento e manutenção geral das bombas. Quatro bicos foram interditados no ato da fiscalização.

Participaram ainda da Operação o Procon-BA, a ANP - Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, a Codecon e outros órgãos.  “Encontramos nas lojas de conveniência dos postos dezenas de produtos alimentícios com a validade vencida, e outros sem as informações obrigatórias ao consumidor como ingredientes na composição do produto, validade etc. As empresas foram enquadradas no artigo 31 do Código de Defesa do Consumidor e foram notificadas para responder pelas infrações”, destacou o diretor-geral da Codecon, Alexandre Lopes.
O objetivo da operação foi identificar possíveis irregularidades na comercialização de combustíveis causando prejuízos ao consumidor. “Essa fiscalização articulada com outras instituições é importantíssima para coibir os abusos contra os consumidores. Vamos continuar intensificando essas operações ao longo de todo o ano”, ressaltou o diretor-geral do Ibametro, Randerson Leal.

O gestor explica que a operação conjunta é rigorosa em virtude da abrangência de todos os aspectos observados por cada entidade envolvida na fiscalização. A ANP focaliza sua inspeção no quesito qualidade do combustível.
Em relação ao Ibametro, de acordo com a irregularidade encontrada, o posto de combustível pode ser notificado, autuado e/ou interditado, de acordo com a portaria de verificação de bombas medidoras de combustíveis líquido Inmetro nº 23/85.
crédito: Ascom - Ibametro


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif