Venezuela anuncia que fará 'revisão profunda' de relações com EUA - Itiruçu Notícias
Arrow
MENSAGEM DE ANO NOVO

Campanha

EDITORIAL

Viajando no tempo: do Jornal Itiruçu, evoluindo até o Itiruçu Notícias


O tempo urge e as memórias ficam, para revela a sua história. Recebi do amigo poeta Claudio Fernandes uma lembrança dos primeiros passos na área da informação. Na época não tinha internet, blogs, redes sociais, sites muito mesmo WhatsApp, mas já naquela época dávamos os primeiros passos na área da comunicação escrita. CONTINUE LENDO

COLUNISTAS

Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS EM 2017


Venezuela anuncia que fará 'revisão profunda' de relações com EUA

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 18 de julho de 2017 - 0 Comentários


O governo do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta terça-feira (18/07) o início de um processo de revisão "profunda" das suas relações com os Estados Unidos, depois de a Casa Branca ameaçar o país com "fortes e rápidas" sanções econômicas no caso de concretização da Assembleia Nacional Constituinte, cuja eleição dos membros está prevista para o dia 30 de julho.

"Aviso, desde já, por instrução do presidente da República, que nós faremos uma revisão profunda com o governo dos EUA, porque nós não aceitamos humilhações de ninguém", disse o ministro de Relações Exteriores, Samuel Moncada, em uma declaração pela televisão.
"Ao nosso povo, aos nossos chefes militares, nacionalistas, revolucionários, e patriotas, aos nossos embaixadores no mundo todo, a todos os meios de comunicação, aos nossos amigos no mundo, este é um momento de definição", afirmou Moncada.

Moncada convocou os venezuelanos e seus aliados no mundo a marcar posição em torno da ameaça dos EUA, feita nesta segunda (17/07) após a divulgação da informação que 7,5 milhões de venezuelanos, segundo dados da oposição, rejeitaram a Constituinte impulsionada por Maduro em uma consulta organizada à revelia do governo. Há suspeitas de fraude neste plebiscito.
No mesmo dia, o governo fez uma simulação, coordenada com o Poder Eleitoral, para ensaiar a eleição dos membros da Assembleia Constituinte.
Agência Efe


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif