Itiruçu: Prefeita se pronuncia sobre fechamento da Comarca - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow
HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa.
Com tantas coisas competindo por nossa energia mental, que vão da Internet passando pelas mensagens de texto e e-mails, é de admirar que ainda sejamos capazes de concentrar o foco em alguma coisa.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS
BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

Itiruçu: Prefeita se pronuncia sobre fechamento da Comarca

Por: Ed Santos - segunda-feira, 10 de julho de 2017 - 0 Comentários

Resultado de imagem para Lorena Itiruçu
A prefeita de Itiruçu Lorenna Moura Di Gregório (PRB) ligou para a rádio Itiruçu FM para se pronunciar sobre a Decisão do Colegiado do Tribunal de Justiça da Bahia em fechar a Comarca de Itiruçu entre outras 33 na Bahia.

A prefeita disse que considera plausível a iniciativa popular de coletar assinaturas. Ela pontuou ainda sobre criticas que vem recebendo quanto ao seu não pronunciamento em redes sociais até o momento.


Drª Lorenna disse que esteve sim com desembargadores, governador, deputados e vereadores de Itiruçu, onde juntos argumentaram ao tribunal as implicações e perdas para os munícipes, isso ates, quando ainda a decisão não havia sido tomada pelo Pleno do Tribunal de Justiça. Segunda a prefeita, ela juntamente com estas pessoas teriam feito todo o possível para manter a comarca, mas que seu erro foi não ter fotografado o encontro e postado em redes sociais, para assim tentar ganhar os aplausos da sociedade. “Se dependesse da prefeitura, assim como não depende do governo do estado, a comarca não fecharia. A decisão é do poder judiciário, um poder independente que infelizmente não levou em consideração as implicações para o povo”, disse a gestora.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS