Cão fuzileiro dos EUA que serviu no Afeganistão sofre eutanásia - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Itiruçu: Plantão Escolar de matriculas vão até dia 08/02

A secretaria de Educação  do município de Itiruçu está realizado o esquema de plantão escolar matriculas em toda rede municipal de ens...


EDITORIAL

Refletindo: Histórias da politica de Itiruçu: O Otimista

Essa quem contava era o saudoso amigo Aguinaldo Pires (Gal Pires), ex- vereador e ex-presidente da câmara de Itiruçu, grande contador de causo, que morreu há três anos em um trágico acidente na BR-116 nas imediações de Itatim – BA.
1962, ano de eleição, em Itiruçu a disputa foi entre Valdeck Almeida (UDN), candidato do ex- prefeito Zé Bonfim e Josias Duarte (PSD), apoiado por Vivaldo Bastos e pelo ex-prefeito Geir Magalhães, tinha o povoado do Upabuçu como seu reduto eleitoral. Em um comício em Upabuçu, Josias percebeu certo desânimo no eleitorado, a incerteza da vitória era flagrante.
CONTINUE LENDO


COLUNA Êta lê lê



Êta lê lê Segunda-feira gorda do foguetório

Ao ter suas contas aprovadas por 7 a 2 na última sessão da Câmara de Vereadores da Boa Terra, o ex-prefeito Wagner Novaes era só alegria. Como os estampidos das bombas eram ouvidos nos quatro cantos da cidade, muitos ficaram imaginando o que teria acontecido:

"Quem chegou ou está indo para Bom Jesus da Lapa?";
"Hoje é festa de que Santo?";
"Aniversário de quem?";
"Quem tá jogando hoje?"

O que muitos não sabiam, era que a festa tinha um nome, Wagner Novaes. Este celebrava a vitória em casa, já que um pouco distante, 7 edis lhe dariam a honra de aprovar as suas contas públicas.

CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Cão fuzileiro dos EUA que serviu no Afeganistão sofre eutanásia

Por: Itiruçu Notícias - sexta-feira, 28 de julho de 2017 - 0 Comentários


Um cão da raça  labrador preto com 10 anos que serviu em três missões no Afeganistão ao lado de fuzileiros navais, teve  sua ultima homenagem feita por combatentes, ex-colegas e civis dos Estados Unidos .  A despedida ocorreu devido pois o cão chamado "Cena" iria sofrer uma eutanásia em Michigan, já que o animal chegou a um estágio avançado de câncer nos ossos.
A cerimônia de despedida contou com a presença de integrantes da Liga de Combatentes da Marinha dos Estados Unidos, da Polícia do Estado de Michigan, do escritório de investigação do condado de Muskegon, da Polícia Municipal de Muskegon, do Departamento de Bombeiros de Muskegon e de várias outras autoridades.
Cena serviu como fuzileiro naval até a sua aposentadoria em 2014 e esteve no combate no Afeganistão em 2009 e 2010,
 A cerimônia antes de sua morte foi organizada pelo seu dono, Jeff Young, que foi acompanhado pelo cachorro durante seu período de combate no Afeganistão que  depois, o adotou oficialmente. Cena o ajudou após o período de guerra e depois virou um ajudante para o transtorno de estresse pós-traumático.
Young contou que os dois atravessaram um rio no Talibã enquanto escapavam de uma forte troca de tiros. Ele disse que Cena o ajudou a se aquecer durante algumas noites no deserto e foi sua companhia quando perdeu sete amigos e combatentes em três semanas.
"Qualquer cachorro que tenha servido fora do país merece exatamente o que fiz por Cena, ou até mais", defendeu Young.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores