Itabuna: Menina de 14 anos é vítima de estupro coletivo - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Itabuna: Menina de 14 anos é vítima de estupro coletivo

Por: Redação Itiruçu Notícias - sexta-feira, 2 de junho de 2017 - 0 Comentários


Uma adolescente de 14 anos foi dopada e estuprada por um grupo de jovens, na cidade de Itabuna, no Sul da Bahia.
Os meninos eram colegas de escola da garota e segundo a vitima ela teria bebido um refrigerante   oferecido pelos "colegas" antes do Estrupro.
A mãe da jovem ficou sabendo do fato na última terça-feira (30), por intermédio de uma vizinha, que teria recebido as imagens do estupro coletivo através do celular em uma rede social.
Dentre os suspeitos, dois são menores de idade. O Conselho Tutelar foi acionado e caso será investigado pela Delegacia da Mulher.
O estupro ocorreu na casa de um dos autores e a menina foi levada para lá sob o pretexto de que iria fazer um trabalho escolar. A jovem ainda teria sido coagida pelos autores a não contar o que aconteceu à mãe, que viu o vídeo graças a uma vizinha.
Segundo a delegada Ivete Oliveira Albano, titular da Deam, o crime foi registrado na delegacia nesta quinta-feira (1º). "Imediatamente, expedimos uma guia para a realização do exame de corpo de delito para que a investigação fosse iniciada", disse a delegada  
Foto Reprodução ilustrativa


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif