"Indivisibilidade de chapa Dilma Temer vai ser negada no TSE" - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Assaltantes levam moto na zona Rural de Itiruçu

Uma moto Honda Bros, cor vermelha e placa NZU-2191 de Itiruçu, foi tomada de assalto por dois elementos armados na região do Assentamento...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


"Indivisibilidade de chapa Dilma Temer vai ser negada no TSE"

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 6 de junho de 2017 - 0 Comentários


Advogado eleitoralista, Neomar Filho acredita que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) irá manter a chapa Dilma-Temer unida. Desta forma, o pedido da defesa do atual presidente da República, Michel Temer (PMDB) para a divisão da chapa será recusado.
"A tese de defesa do então presidente sustenta a possibilidade de divisão de responsabilidades para fins de cassação do seu mandato, algo que muito dificilmente será considerado pela Corte Superior Eleitoral, uma vez que - tanto em seus julgados anteriores - quanto entre os estudiosos do tema, predomina a chamada 'indivisibilidade' da chapa dos candidatos. A questão é técnica", aponta.
Para Neomar, a defesa de Temer pretende, na verdade, "violar os entendimentos históricos do Tribunal", ao propor a divisão da chapa que pode livrar o peemedebista da cassação do mandato.
As punições para Temer e Dilma, na avaliação do advogado, devem ser diferentes, apesar da indivisibilidade da chapa. "A sanção de inelegibilidade - impedimento para assumir cargos públicos - sim, poderá ser aplicada apenas a quem efetivamente praticou a ilegalidade", opina.
Nesta terça-feira (6), será julgada uma ação do PSDB na qual a legenda acusa a chapa vencedora das eleições de 2014 de ter cometido abuso de poder político e econômico e ter recebido propina oriunda do esquema de corrupção que atuou na Petrobras, investigado na Lava Jato. Os advogados da chapa negam as acusações.
Alexandre Galvão


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores