Arrow
NOTÍCIA EM DESTAQUE

Itiruçuense Lara Pelagatti vence o Concurso Miss Bahia Teen 2019

A itirucuense Lara Giovanna Pelagatti de 16 anos, conquistou na noite deste sábado (17/08)no Teatro Diplomata, em Patamares na capital baiana, o título da 10ª edição do Concurso Miss & Mister Bahia Teen 2019 , representando a cidade de Itiruçu. A menina foi avaliada por um corpo de 12 jurados que são formadores de opiniões e profissionais da área de moda, fotografia, estética, jornalista, produtores, e Ex-Miss e Mister Bahia, sendo eleita a Miss Bahia Teen 2019 . Com tema “Revivendo as tradições Baianas” foram avaliados postura, andamento, simpatia, plástica, desenvoltura, estética e beleza com notas de 01 (um) a 05 (cinco)...CONTINUE LENDO


HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

Dazo: Um exemplo de vida
Figura muito dócil e querida em toda Itiruçu, alegre e de temperamento fácil, cativante e prestativo; Estou falando de Gildásio Rodrigues de Souza, ou simplesmente DAZO, filho de D. Cecília, irmão de Lucy e Jaime Boró, e cunhado de Didi...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Fé realiza os desejos de nossos corações


A Fé é acreditar que uma coisa é verdade e agir de acordo com essa crença. Todo mundo tem fé em alguma coisa. A Bíblia diz que devemos ter fé em Deus e no Seu poder para mudar nossa vida. Somos salvos pela fé em Jesus.
“Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa àqueles que o buscam.” - Hebreus 11:6.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BÍBLICOS


BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI



Lava Jato quer impedir que defesa grave depoimento de Lula

Por: Redação Itiruçu Notícias - sexta-feira, 5 de maio de 2017 - 0 Comentários


Procuradores querem impedir Lula de gravar depoimento, alegando que o mesmo pode “vazar”, e que isso prejudicaria  o ex-presidente Luis Inacio da Silva !Lula".
A informações vem do site Lula, veja abaixo:

Os procuradores da Operação Lava Jato querem impedir que os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva grave seu depoimento diante do juiz Sérgio Moro, em Curitiba, a ser realizado no próximo dia 10.

Em manifestação assinada por Deltan Dallagnol e mais 12 membros do Ministério Público Federal no Paraná (MPF-PR), ó órgão argumenta que uma eventual gravação feita pelos advogados de Lula poderia acabar por vazar para a imprensa e revelar detalhes indevidos do processo, inclusive falas entre o depoente e seus advogados, vindo a prejudica-lo.
É isso mesmo. Dallagnol e seus colegas querem proibir que Lula e seus defensores gravem seu depoimento e afirmam que, com isso, estão querendo proteger os direitos do próprio Lula. Veja trecho da manifestação do MPF-PR:
"A providência (gravação) poderia vir a revelar, de modo indesejável, conversas sigilosas mantidas entre advogados ou entre advogados e seus clientes, o que pode acabar por publicizar indevidamente estratégias adotadas no ato."
Assim, após dezenas de vazamentos indevidos ocorridos no âmbito da Lava Jato, via de regra para veículos de imprensa conservadores, que utilizam os objetos de vazamento de maneira a prejudicar ainda mais os acusados da Lava Jato, agora, quando Lula ficará frente a frente com Sérgio Moro, Dallagnol e seus colegas mostram o zelo que possuem pela manutenção de informações processuais sigilosas, independentemente do fato de ser o depoimento de Lula público e aberto a todos os interessados.
O juiz Sérgio Moro deverá decidir sobre o caso nos próximos dias.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS