Itiruçu realiza campanha contra o abuso e a exploração sexual - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre a leucemina

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF... CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Itiruçu realiza campanha contra o abuso e a exploração sexual

Por: Redação Itiruçu Notícias - quarta-feira, 17 de maio de 2017 - 0 Comentários


O Conselho Tutelar de Itiruçu, a Secretária de Assistência Social de Itiruçu, o Grupo Itiruçu Unidos Bike com apoio da Polícia Militar, realizaram um  passeio ciclístico contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes  que se comemora no dia 18 de maio com a intenção de destacar a data para mobilizar e convocar toda a sociedade a participar dessa luta e proteger as crianças e adolescentes.
O passeio aconteceu na noite desta quarta feira, dia 17, saindo do Jardim principal e percorrendo as ruas da cidade.                        
Na manhã desta quinta-feira mobilização a partir das 8 na praça dá feira com caminhada pelas ruas dá cidade  além de premiação do concurso de redação e desenho sobre o tema;

O Conselheiros Tutelares de Itiruçu  também realizaram panfletagem na terça e quarta-feira pela ruas da cidade.

A data passou a ser lembrada a partir do dia 18 de maio de 1973, quando uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espirito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos. A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000. O “Caso Araceli”, como ficou conhecido, ocorreu há quase 40 anos, mas, infelizmente, situações absurdas como essa ainda se repetem.
A data  reafirma a importância de se denunciar e responsabilizar os autores de violência sexual contra a Crianças e Adolescentes.  contatos com o conselho Tutelar (73) 9170-5774 ou Disque 100 para denunciar 73 .
o


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

ENQUETE
Você votaria em quem para presidente?

Álvaro Dias (Podemos)
Ciro Gomes (PDT)
Cristovam Buarque (PPS)
Eymael (PSDC)
Fernando Collor (PTC)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
João Amoêdo (Novo)
Levy Fidelix (PRTB)
Lula da Silva (PT)
Manuela D'Ávila (PC do B)
Marina Silva (Rede)
Valéria Monteiro (PMN)
Outro
Nenhum