Entroncamento: Moradores bloquearam BR após vitima fatal - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre a leucemina

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF... CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Entroncamento: Moradores bloquearam BR após vitima fatal

Por: Ed Santos - segunda-feira, 1 de maio de 2017 - 0 Comentários

Moradores do Entroncamento de Jaguaquara bloquearam por cerca de seis horas a BR 116, após mais uma morte por atropelamento por volta das 6h45min da manhã desta segunda (1/5/17). A vítima fatal foi identificada como Liliane Coelho dos Santos de 28 anos de idade.
Ela foi atropelada por uma carreta de dados não divulgado, quando tentava atravessar a pista de rolamento após retornar do trabalho onde atua em uma churrascaria num posto de combustível na saída para Jequié. A mesma era residente no Bairro Cidade Nova 2 no Entroncamento de Jaguaquara e segundo informações deixa esposo e dois filhos. O local do ocorrido foi entre o acesso a Comunidade da Terrabrás e o cruzamento que dá acesso Jaguaquara-BR116-BA 250 no setor norte, e  já foi ponto onde outras mortes e ferimentos por atropelamento.
O corpo da jovem só foi removido ao IML de Jequié por volta das 10, após a chegada da pericia técnica. A Polícia Militar de Entroncamento de a Polícia Rodoviária Federal mantiveram sentinela no local para organizar o transito.
Segundo relatos no local da tragédia, populares revoltados com a Via Bahia concessionária que administra a rodovia, que queria liberar o transito mesmo com o corpo as margens da estrada, tocaram fogo em pneus e pedaços de madeira interrompendo o trafego de veículos até por volta das 12h45min. Pedaços da pista também foram arrancados pelos manifestantes. Eles reivindicaram junto a Via Bahia, que coloque uma sinalização no trecho, pois após a construção do Bairro Cidade Nova 2, pelo Programa Minha Casa Minha Vida, moradores tem que se arriscar para atravessar de um ponto para outro. Em especial, crianças que precisam ir à escola que fica do outro lado da pista.


O caminhoneiro, segundo testemunhas, ainda tentou desviar mais não obteve êxito. Ele e a carreta foram retidos no posto da PRF em Jequié para procedimentos cabíveis e a carreta continua detida para pericia.

O fato gerou forte comoção nos moradores locais que lamentam mais esta perda precoce. 



Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

ENQUETE
Você votaria em quem para presidente?

Álvaro Dias (Podemos)
Ciro Gomes (PDT)
Cristovam Buarque (PPS)
Eymael (PSDC)
Fernando Collor (PTC)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
João Amoêdo (Novo)
Levy Fidelix (PRTB)
Lula da Silva (PT)
Manuela D'Ávila (PC do B)
Marina Silva (Rede)
Valéria Monteiro (PMN)
Outro
Nenhum