Polícia Federal se mobilizam no combate à Reforma da Previdência - Itiruçu Notícias
Arrow

Acesse e curta nossa FAN PAGE no Facebook




Anuncie aqui seu evento! Apoio cultural Itiruçu Notícias


Campanha


As mais visitadas


Colunistas

O Seu Direito

Êta, Lê, Lê


Utilidade Pública


CENIPA

PM

Polícia Federal se mobilizam no combate à Reforma da Previdência

Edição: Redação Itiruçu Notícias - domingo, 9 de abril de 2017 - 0 Comentários


Integrantes da Associação Nacional de Delegados da Polícia Federal (ADPF) participaram, nesta sexta-feira (7), de reunião com o deputado federal Jorge Solla (PT). A categoria pediu apoio ao parlamentar baiano para o enfrentamento de pontos polêmicos da Reforma da Previdência apresentada à Câmara pelo governo federal.
A luta contra a retirada da Constituição Federal do artigo que reconhece a atividade de risco dos policiais e a garantia que sejam fixados critérios considerando os riscos envolvidos na atividade policial para fins previdenciários estão entre as reivindicações da categoria.
“No dia 28 de abril, faremos uma manifestação em Salvador com o objetivo de sensibilizar os poderes públicos e a sociedade em geral sobre a necessidade de um amplo debate sobre a Reforma da Previdência e em relação às peculiaridades existentes na atividade policial”, declarou o delegado da Polícia Federal, Tiago Pinheiro.  Os delegados da PF Carlos Teixeira e Expedito Teixeira também participaram da reunião.

À categoria, o deputado federal Jorge Solla criticou o Projeto da Reforma da Previdência. “A proposta se baseia em argumentos de um mentiroso rombo para tirar direitos dos trabalhadores e pagar juros de uma dívida que está praticamente, mafiosamente, nas mãos de 40 mil brasileiros. É um verdadeiro desserviço ao país”, argumentou.
Para o parlamentar petista, o governo federal está na contramão de todo o mundo desenvolvido. “Para bancar o modelo cruel de previdência que Temer propõe, no Brasil de 2033, quando poderá se aposentar o primeiro brasileiro atingido integralmente pelas novas regras, serão muitos os cidadãos com 65 anos que não terão 25 anos de carteira assinada e não conseguirão se aposentar. Uma tragédia social”, completou Solla.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Publicidade

 photo dra rita coacutepia_zpsxcdxnsbz.png

 photo gilmarblogif_zpsi4cfgiei.gif
COMPRE AQUI

Ou pelo WhatsApp:
(11) 98109 7241