Internautas condenam versão de PM sobre morte de Mateus - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre a leucemina

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF... CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Internautas condenam versão de PM sobre morte de Mateus

Por: Redação Itiruçu Notícias - sábado, 29 de abril de 2017 - 0 Comentários


A morte do Jovem de 23 anos Mateus Menezes, na  noite desta sexta-feira(28) quando foi baleado pela Policia Militar que realizava diligencia nas imediações da rua Tranzibulo Nogueira (Rua do Hospital) (Veja reportagem atualizada clique Aqui), está gerando grande repercussão na cidade de Itiruçu e nas redes sociais.
Mateus Menezes foi sepultado na tarde deste sábado por volta das 17 horas no cemitério municipal  sendo o cortejo acompanhado por muita gente em ato de demonstração de solidariedade a familiares e amigos.
Diversos leitores do portal Itiruçunoticias.com  usaram a sessão de comentários em sua pagina no Facebook  para criticar a versão dada pela PM 
Segundo Informações da policia  Mateus teria  entrado em confronto com a guarnição da PM após abordagem sendo baleado. A vitima teria sido levado até o Hospital Municipal Pedro Pimentel Ribeiro, mas não suportou os ferimentos vindo  ao óbito, 
Veja alguns comentários de internautas que contestam a versão. 
"Ele apenas foi levar o filho pra cortar o cabelo. Certas pessoas não merecem defender a sociedade, tem problemas mentais" comenta a internauta.
Outra leitora comenta ainda mais:"Não seria mais fácil prender, não sei o que aconteceu mais para mim a morte não tem perdão!!!"
Outro internauta disparou: "N foi um confronto ele nem armado tava a polícia já chegou atirando o filho dele viu td"
Em outro comentário diz: "Ele não foi o primeiro e nem sera o ultimo se Deus não tiver pena, sabe porque ? Porque quando acontece algo assim algumas pessoas fecham os olhos pra a verdade e maqueiam os que cometem atrocidades só pelo fato de usarem fardas".
Confirma outra leitora "como um rapaz com seu filho no colo pode reagir com uma arma em punho”
A Polícia Civil deve investigar e se pronunciar sobre o caso nos próximos dias.
(Foto via WhatsApp)

Nota: O Itiruçu Noticias só cabe divulgar as informações com imparcialidade dando o direito as partes a explanar suas versões, não cabe a este portal de notícias,  julgar o mérito da gestão para isto existe as autoridades competentes e que a justiça seja feita!


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

ENQUETE
Você votaria em quem para presidente?

Álvaro Dias (Podemos)
Ciro Gomes (PDT)
Cristovam Buarque (PPS)
Eymael (PSDC)
Fernando Collor (PTC)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
João Amoêdo (Novo)
Levy Fidelix (PRTB)
Lula da Silva (PT)
Manuela D'Ávila (PC do B)
Marina Silva (Rede)
Valéria Monteiro (PMN)
Outro
Nenhum