Jorge Solla denuncia golpe de Temer na Fiocruz - Itiruçu Notícias
Arrow
Cores da Saúde: Julho Amarelo alerta sobre câncer nos ossos



Passeio Cicloturismo de Itiruçu


EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Jorge Solla denuncia golpe de Temer na Fiocruz

Por: Itiruçu Notícias - quarta-feira, 4 de janeiro de 2017 - 0 Comentários


A nomeação da pesquisadora Tania Cremonini de Araújo-Jorge para ocupar a presidência da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), apesar de ter sido derrotada nas urnas pela doutora Nísia Verônica Trindade Lima, foi criticada pelo deputado federal Jorge Solla (PT-BA). Para o parlamentar, o presidente Michel Temer  está fazendo hábito o desrespeito às urnas.

Confira a íntegra da nota do deputado Jorge Solla.

A realização de eleições para escolha de dirigentes em qualquer esfera de poder pressupõe o respeito à escolha da maioria. O escrutínio público é o pacto entre os membros de qualquer formação social que legitima os líderes mais votados para ocupar por um tempo determinado cargos de comando. Assim aconteceu na Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) em novembro de 2016, quando a doutora Nísia Verônica Trindade Lima, que obteve 2556 votos, foi eleita presidenta para o triênio 2017-2020. Nesta instituição, ressalve-se, a eleição direta para Presidência foi instituída em Estatuto em 1988, mesmo ano que nossa nova Constituição Federal devolveu à população a eleição direta à Presidente da República.

O presidente golpista Michel Temer, que desrespeitou a soberania popular expressa pelo voto ao derrubar ilegalmente uma presidente eleita, não pode mais continuar impunemente a desrespeitar todo e qualquer processo democrático. A nomeação da pesquisadora Tania Cremonini de Araújo-Jorge, derrotada nas urnas, para presidenta da Fiocruz desmobiliza, enfraquece e envergonha a mais importante instituição de ciência e tecnologia em saúde da América Latina. A esdruxula situação criada pelo governo golpista já mancha o nome do país diante toda a comunidade científica internacional, que repugna este golpe ora em curso.

Foram nos tempos mais autoritários e sombrios da história da humanidade em que governos censuraram e perseguiram cientistas. A intervenção na Fiocruz só terá como consequência falta de legitimidade e capacidade de governança da nova diretoria, desmotivação da equipe de pesquisadores, descrédito da comunidade internacional. O que o Brasil ganha com isso? Em nome do respeito ao voto e à democracia, exigimos a imediata confirmação de Nísia Verônica Trindade Lima para a Presidência da Fiocruz.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif



São Pedro 2018

Melhores momentos - Por Wilson Novaes