PSOL da Bahia realizou protesto contra a PEC 241 nesta sexta-feira - Itiruçu Notícias
Arrow
MENSAGEM DE ANO NOVO

Campanha


EDITORIAL

Viajando no tempo: do Jornal Itiruçu, evoluindo até o Itiruçu Notícias


O tempo urge e as memórias ficam, para revela a sua história. Recebi do amigo poeta Claudio Fernandes uma lembrança dos primeiros passos na área da informação. Na época não tinha internet, blogs, redes sociais, sites muito mesmo WhatsApp, mas já naquela época dávamos os primeiros passos na área da comunicação escrita. CONTINUE LENDO


COLUNISTAS

Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS EM 2017


PSOL da Bahia realizou protesto contra a PEC 241 nesta sexta-feira

Por: Itiruçu Notícias - - sábado, 12 de novembro de 2016 - 0 Comentários


Com apitos, cartazes, faixas e carros de som, diversas centrais sindicais, partidos políticos, movimentos sociais, instituições feministas, movimento negro e juventude saíram às ruas da capital baiana, nesta sexta-feira(11), com o objetivo de convocar uma greve geral a nível nacional contra a PEC 241 que pretende congelar o orçamento público do país durante os próximos 20 anos.

O Partido Socialismo e Liberdade participou do ato político ao lado dos movimentos sociais, da INTERSINDICAL  e Frente Povo Sem Medo.Para o  Presidente do Diretório de Salvador do PSOL, o sociólogo Fábio Nogueira, a PEC 241 representa o maior retrocesso da história brasileira desde o processo de redemocratização pós-golpe de 64. Segundo ele, a PEC 241 vai congelar os investimentos sociais em saúde e educação nos próximos 20 anos. " Vamos lutar contra esse governo golpista de Michel Temer!  Faremos Palmares de novo! A Resistência continua !", destacou o psolista.

Para o militante da INTERSINDICAL,  o sociólogo Kleber Rosa, a PEC 241 é uma tentativa de fazer com que os trabalhadores sejam penalizados com o o argumento de que será feito um ajuste econômico do país. " A população mais carente será a mais prejudicada porque é quem  precisa dos serviços públicos de saúde e educação. Enquanto isso, Michel Temer vai preservar os ricos, os detentores das grandes fortunas e os empresários do setor financeiro que serão beneficiados com a política econômica da atual gestão", criticou  Rosa.
Informações via ASCOM PSOL BA


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif