Jaguaquara e Entroncamento: Mais de 1000 pessoas em protestos contra medidas de Temer - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre a leucemina

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF... CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Jaguaquara e Entroncamento: Mais de 1000 pessoas em protestos contra medidas de Temer

Por: Ed Santos - terça-feira, 15 de novembro de 2016 - 0 Comentários

Mais de 1000 pessoas foi o saldo do numero de manifestantes que protestaram na última sexta feira, na cidade de Jaguaquara contra medidas federais através da PEC do congelamento do teto de investimentos públicos por 20 anos (PEC 241 agora 55/2016), o PL Escola Sem Partido chamada pelos estudantes e professores de Lei da Mordaça, uma vez que visa proibir discussões sobre pontos de vistas, fatos históricos e sociais nas escolas e a Medida Provisória que mudou o currículo do ensino médio e retiram as disciplinas de Artes, Educação Fisica e Filosofia, disciplinas que incentivam a criatividade, a pratica esportiva e de atividades de saúde bem como os estudos das correntes sociais e o desenvolvimento do pensamento critico.
A manifestação de protesto convocada para Jaguaquara, principalmente através das redes sociais com predominância entre os participantes, dos jovens estudantes de escolas públicas do município, teve a concentração inicial na Praça JJ – Seabra, recebendo adesões de pessoas durante o protesto. Lideranças da APLB/Sindicato e do Sindicato dos Servidores Públicas Municipais/SINDSERJ fizeram a parte de conscientização contra as referidas medidas. Políticos locais também foram criticados pela ausência, uma vez que estas medidas atingirão a todos desde pequenos e médios empresários, políticos das cidades pequenas e a sociedade no geral.

Na tarde os protestos foram no Entroncamento de Jaguaquara. Mais de 300 pessoas participaram da marcha, que apesar de uma chuva que caiu justo quando o movimento iniciava, não desistiram e percorreram da Praça do Jardim Principal e a Avenida Presidente Médice, no centro do distrito. Os manifestantes protestaram contra a PEC, a Lei do Mordaça ou escola sem partido e a MP da Educação, além de gritos de #ForaTemer. Estudantes da rede municipal e estadual, professores e pessoas da comunidade desfilaram com cartazes e palavras de ordem. Nossa reportagem esteve presente e conversou com manifestantes que expressaram os motivos pelo qual estavam a protestar... A presidenta da APLB Jaguaquara Wilma Martins fez um pronunciamento com detalhes das medidas federais adotadas e por adotar, que afetará a todos.

Ela também comentou com agente sobre os objetivos do protesto. 

Itiruçu também não ficou fora dos protestos da última sexta. Um ônibus com cerca de 30 pessoas, entre pessoas da comunidade, professores e estudantes, saiu da Praça da Feira com destino a Jequié, onde participaram também de manifesto contra Temer e suas medidas. 
Logo publicaremos os áudios aqui.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

ENQUETE
Você votaria em quem para presidente?

Álvaro Dias (Podemos)
Ciro Gomes (PDT)
Cristovam Buarque (PPS)
Eymael (PSDC)
Fernando Collor (PTC)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
João Amoêdo (Novo)
Levy Fidelix (PRTB)
Lula da Silva (PT)
Manuela D'Ávila (PC do B)
Marina Silva (Rede)
Valéria Monteiro (PMN)
Outro
Nenhum