Operação Criança Segura apreende brinquedos irregulares - Itiruçu Notícias
Arrow
MENSAGEM DE ANO NOVO

Campanha


EDITORIAL

Viajando no tempo: do Jornal Itiruçu, evoluindo até o Itiruçu Notícias


O tempo urge e as memórias ficam, para revela a sua história. Recebi do amigo poeta Claudio Fernandes uma lembrança dos primeiros passos na área da informação. Na época não tinha internet, blogs, redes sociais, sites muito mesmo WhatsApp, mas já naquela época dávamos os primeiros passos na área da comunicação escrita. CONTINUE LENDO


COLUNISTAS

Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS EM 2017


Operação Criança Segura apreende brinquedos irregulares

Por: Itiruçu Notícias - - quarta-feira, 5 de outubro de 2016 - 0 Comentários


O Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro), órgão delegado do Inmetro na Bahia, divulga o resultado da Operação Criança Segura, realizada de 26 a 30 de setembro, para fiscalização de produtos infantis. Neste ano, a quantidade de brinquedos irregulares apreendida foi aproximadamente 45% maior do que no ano passado: em 2016, foram 605 unidades contra as 428 em 2015. No total, foram fiscalizados 211 estabelecimentos na capital baiana. O objetivo da operação foi retirar do mercado os produtos considerados perigosos, visando evitar acidentes de consumo.

Entre os principais brinquedos apreendidos estão ioiô boll, que traz como risco o estrangulamento; cavalinho chinês, que funciona por meio de baterias tipo botão, de tamanho mínimo e que podem ser acessadas facilmente podendo causar intoxicação e queimaduras no organismo, além de patins e patinetes que não atendem a requisitos exigidos na certificação compulsória.
“É preciso atenção redobrada dos pais quando o assunto é segurança. Os brinquedos, para serem vendidos no mercado brasileiro, devem ter o selo do Inmetro, por ser um produto de certificação compulsória.O selo atesta que o produto passou por testes diversos, em laboratório, para análise de possíveis riscos de segurança às crianças e que é seguro”, destaca o diretor-geral do Ibametro, Luiz Freire.
O gestor frisa ainda que, mesmo assim, os brinquedos respondem por 16% dos acidentes registrados por consumidores no Sistema Inmetro de Monitoramento de Acidentes de Consumo (Sinmac), em 2015. “Em caso de brinquedos e outros produtos suspeitos, o consumidor deve denunciar para a Ouvidoria do Ibametro pelo telefone 0800 071 1888”, orienta Freire.

A operação percorreu estabelecimentos comerciais, como supermercados e lojas de rua e shopping da capital baiana. A ação integrou a programação da Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade do Inmetro (RBMLQ-I). Os estabelecimentos com produtos irregulares foram autuados e terão dez dias para apresentar a defesa, estando sujeitos a multa que pode chegar a R$1,5 milhão.

Ascom - Ibametro


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif