População se mobiliza para encontrar um urubu - Itiruçu Notícias
Arrow
Cores da Saúde: Julho Amarelo alerta sobre câncer nos ossos



Passeio Cicloturismo de Itiruçu


EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


População se mobiliza para encontrar um urubu

Por: Itiruçu Notícias - segunda-feira, 12 de setembro de 2016 - 0 Comentários



 Um  anúncio muito curioso  está postado na página Loro, urubu querido de Indaiatuba na rede social Facebook.
O sumiço de Loro, um urubu adulto transformado em mascote pelos moradores, mobiliza a população de Indaiatuba, no interior de São Paulo.
A ave, criada por uma comerciante desde que foi achada, ainda filhote, numa caixa de papelão, habituou-se a ser sociável com as pessoas. Mesmo em liberdade, o urubu vivia em praças e parques urbanos e posava para fotos com as pessoas que o chamavam.

Segundo as informações desde o dia 29 de agosto, Loro não foi mais visto. Sua última aparição foi numa chácara, entre Indaiatuba de Campinas. A página já tem 13,7 mil seguidores.
"Se você encontrar o Loro, não se assuste, não o prenda ou maltrate, ele adora humanos, especialmente criança. Tire uma foto e poste aqui", pedem os administradores do site. Eles lembram que ferir ou prender a ave é crime ambiental.
A comerciante Telma Crepaldi, que encontrou o urubu ainda filhote e o criou, conta que ele sempre foi mantido em liberdade mas se acostumou com a presença humana. "Ele é muito sociável e prefere os lugares onde tem muita gente. O Loro nunca ficou preso ou foi maltratado, por isso gosta das pessoas e brinca com todo mundo", disse.
"Se alguém prendeu, ele vai morrer de depressão, pois sempre foi livre", afirmou. Os administradores da página pedem que as pessoas observem as aves no céu e entrem em contato se virem o 'Loro'. "Só é possível saber se é ele se estiver no solo, interagindo com as pessoas. Tem falha de penas na asa direita", orientam.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif



São Pedro 2018

Melhores momentos - Por Wilson Novaes