Casal usa sacola plástica como camisinha - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow
HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa.
Com tantas coisas competindo por nossa energia mental, que vão da Internet passando pelas mensagens de texto e e-mails, é de admirar que ainda sejamos capazes de concentrar o foco em alguma coisa.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS
BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

Casal usa sacola plástica como camisinha

Por: Itiruçu Notícias - sábado, 24 de setembro de 2016 - 0 Comentários

Um casal de jovens tentou usar uma sacola plástica no lugar do preservativo ao fazer sexo pela primeira vez e acabou indo parar no hospital com graves ferimentos. O caso aconteceu no Vietnã.
Segundo informações do Mirror, citando o jornal local Tuoi Tre, os jovens, que não tiveram os nomes divulgados, sofreram ferimentos na região genital, além de sangramento.

Eles foram levados para o Hospital Hanoi Kidney, no distrito de Ha Dong. Segundo o diretor da unidade, Nguyen The Luong, os dois são estudantes universitários e decidiram usar a sacola porque o rapaz estava com vergonha de comprar camisinha.
Ambos passaram por exames e estão tomando antibióticos para ajudar na recuperação.

Um estudo conduzido pela Hanoi Medical University  em parceria com o Hanoi Medical College entrevistou 2,700 estudantes e mostrou que 25% dos deles acreditam que comprar camisinha é algo constrangedor.
O clínico sexologista e terapeuta sexual João Borzino explica por que tanta gente usa a camisinha da forma errada e mostra a maneira correta de se proteger na hora.
Fonte RedeTV


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS