TSE suspeita de contas da chapa Dilma-Temer - Itiruçu Notícias
Arrow
Cores da Saúde: Julho Amarelo alerta sobre câncer nos ossos



Passeio Cicloturismo de Itiruçu


EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


TSE suspeita de contas da chapa Dilma-Temer

Por: Itiruçu Notícias - terça-feira, 23 de agosto de 2016 - 0 Comentários


Técnicos que analisam as contas da campanha da presidente Dilma Rousseff e de seu vice, o presidente interino Michel Temer, identificaram suspeitas em relação a três empresas prestadoras de serviço na eleição de 2014. O laudo da perícia contábil foi entregue à ministra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Maria Thereza de Assis Moura, corregedora da corte e relatora das quatro ações sobre o mesmo tema que pede a cassação da chapa Dilma-Temer. O PSDB alega que há irregularidades fiscais na campanha de 2014 relacionadas a doações de empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato.
Ao fazer nova análise da prestação de contas, os peritos constataram que as empresas Rede Seg, VTPB e Focal não apresentaram documentos suficientes que comprovem a prestação de todos os serviços contratados pela campanha. O TSE não informou quais serviços foram comprovados e quais não foram. O laudo da perícia mostrou, ainda, que uma das empresas, a Editora Gráfica Atitude, não foi contratada pela chapa de Dilma e Temer.

A gráfica foi citada por Augusto Mendonça, diretor da empresa SOG Óleo e Gás, um dos delatores da Operação Lava Jato. O material do laudo será juntado ao processo no TSE.  Com a entrega do material, a ministra determinou um prazo de 15 dias para que as partes se manifestem a respeito.
Dando prosseguimento ao processo, a ministra do TSE determinou, ainda, as datas para que testemunhas sejam ouvidas. No próximo dia 16, no Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro, será realizada audiência com o ex-gerente de Serviços da Petrobras e delator da Lava Jato, Pedro Barusco, o lobista Hamylton Pinheiro Padilha Júnior, o empresário Zwi Skornicki e Marcelo Cortes Néri.

Já no dia 19, no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, serão ouvido o executivo Augusto Mendonça; o ex-executivo da Camargo Corrêa; Eduardo Hermelino Leite; dono da UTC Engenharia, Ricardo Pessoa; o ex-consultor da Toyo Setal,  Júlio Camargo; ex-presidente da Andrade Gutierrez, Otávio Marques de Azevedo; e Flávio Barra, da Andrade Gutierrez.
A ministra do TSE solicitou ao ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, cópia de documentos que estão em ações que tramitam no STF. Entre esses documentos figuram as delações  premiadas de Ricardo Pessoa, Flávio Barra e Otávio Marques de Azevedo.
Com informações da Agência Brasil


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif



São Pedro 2018

Melhores momentos - Por Wilson Novaes