Bahia irá produzir bioprodutos para combater Mosca Negra dos Citros - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Assaltantes levam moto na zona Rural de Itiruçu

Uma moto Honda Bros, cor vermelha e placa NZU-2191 de Itiruçu, foi tomada de assalto por dois elementos armados na região do Assentamento...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Bahia irá produzir bioprodutos para combater Mosca Negra dos Citros

Por: Itiruçu Notícias - sexta-feira, 12 de agosto de 2016 - 0 Comentários


A Bahia ganhará uma biofábrica para produzir em larga escala insetos que são inimigos naturais da Mosca
A biofábrica estará em funcionamento até o mês de outubro, com a capacidade de reprodução de cerca de 1 milhão de insetos predadores, que serão soltos, semanalmente, nas plantações de citros do Recôncavo, para que a utilização de agrotóxico no controle da praga seja reduzido de maneira significativa. A iniciativa visa o controle biológico desta praga que ameaça às plantações de laranja, manga, mamão e uva, entre outras espécies de plantas.

Para subsidiar a instalação da biofábrica baiana, a Bahiater está em missão técnica na Universidade Federal Rural do Amazonia (UFRA), sob a orientação do professor doutor Wilson Maia, pioneiro no Brasil no que se refere ao combate a Mosca Negra.

De acordo com o coordenador de Pesquisa e Inovação da Bahiater, Lucimário Bastos, primeiramente será necessário fazer um levantamento dos inimigos naturais que existem nos pomares cítricos do Recôncavo, posteriormente eles serão levados ao laboratório para reprodução. “Com implantação da biofábrica haverá a produção e a distribuição de ‘bioprodutos’, sendo estes os predadores naturais, estes organismos são caracterizados por atacar diversas espécies que causam prejuízo a cultura do citros”, afirma.

No Recôncavo a citricultura constitui-se a base da economia da região, sendo a principal fonte de renda da maioria dos agricultores familiares. Cultivada em quase todos os municípios, ocupa uma área de aproximadamente 10 mil hectares. Em 2014, alcançou uma produção de 169.928 toneladas de frutos, gerando uma receita bruta de R$74,9 milhões, segundo dados do Instituto Brasileiro Geográfico e Estatístico (IBGE) de 2014.
Negra, praga que ataca a produção de Citros. A unidade será instalada pela Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), no Serviço Territorial de Apoio a Agricultura Familiar (SETAF) Recôncavo, em Cruz das Almas.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores