Misterioso desaparecido do Jornalista Jorge Kajuru - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre a leucemina

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF... CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Misterioso desaparecido do Jornalista Jorge Kajuru

Por: Itiruçu Notícias - - domingo, 3 de julho de 2016 - 0 Comentários


A equipe de Jorge Kajuru usou o Twitter para informar o desaparecimento do jornalista. Na mensagem, o produtor diz que ele está sumido desde a tarde desse sábado, 2/07.
"Sou produtor e redator do Kajuru. Socorro, ele está desaparecido desde as 14hs do sábado. Tudo muito estranho", pediu ajuda o produtor.
Antes de criar seu canal no youtube, Jorge Kajuru já trabalhou na Band, SBT e RedeTV!. E, desde novembro de 2015, o jornalista está sob proteção policial após ter revelado um esquema de corrupção entre funcionários do Detran e parlamentares de Goiás.

O jornalista César Filho, que apresenta o 'Hoje em Dia', na TV Record, usou o Instagram para falar sobre o desaparecimento do colega Jorge Kajuru. Ele usou uma imagem utilizada pela Blasting News para pedir ajuda sobre qualquer informação que possam ter sobre o repórter. De acordo com César Filho, Kajuru teria o confidenciado há algum tempo que estaria sofrendo ameaças. Ele não detalhou que ameaças seriam essa. O perfil utilizado pelo apresentador é confirmado através de seu site oficial.

César Filho termina o post, que rapidamente teve grande repercussão solicitando que seus seguidores, caso tenham qualquer informação, liguem para polícia.
O repórter, segundo informações da jornalista Keija Jimenez, sofre de diabetes e é bipolar. Ele é um dos nomes mais processados do jornalismo brasileiro e conhecido por seu trabalho no esporte.

O jornal Correio Braziliense disse que Kajuru tem desafetos em diversas áreas, principalmente na política e na mídia e citou alguns nomes como Boris Casoy, Luciana Gimenez, Marconi Perillo [governador de Goiás], Milton Neves e outras celebridades da mídia. Em novembro de 2015, Kajuru denunciou um esquema de corrupção envolvendo membros do Detran de Goiás e parlamentares e esteve sob proteção policial durante um período.

Versão on line do jornal O Extra, de Goiânia, publicou nesta noite informação de que um corpo encontrado agora a porco  no município de Goianésia-GO é do jornalista Jorge Kajuru. 'O corpo de jornalista Jorge Kajuru foi encontrado neste domingo em Goianésia. De acordo com a equipe, o jornalista estava desaparecido desde a tarde de ontem (2)', diz o texto. Aguarde mais informações!


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

ENQUETE
Você votaria em quem para presidente?

Álvaro Dias (Podemos)
Ciro Gomes (PDT)
Cristovam Buarque (PPS)
Eymael (PSDC)
Fernando Collor (PTC)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
João Amoêdo (Novo)
Levy Fidelix (PRTB)
Lula da Silva (PT)
Manuela D'Ávila (PC do B)
Marina Silva (Rede)
Valéria Monteiro (PMN)
Outro
Nenhum