Seminário fará uma análise das perspectivas do SUS - Itiruçu Notícias Estamos com um pequeno problema técnico em nosso portal no slider inicial da pagina, que já estamos procurando resolver o mais rápido possível. Grato pela compreenção

Arrow
MENSAGEM DE ANO NOVO

Campanha

EDITORIAL

Viajando no tempo: do Jornal Itiruçu, evoluindo até o Itiruçu Notícias


O tempo urge e as memórias ficam, para revela a sua história. Recebi do amigo poeta Claudio Fernandes uma lembrança dos primeiros passos na área da informação. Na época não tinha internet, blogs, redes sociais, sites muito mesmo WhatsApp, mas já naquela época dávamos os primeiros passos na área da comunicação escrita. CONTINUE LENDO

COLUNISTAS

Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS EM 2017


Seminário fará uma análise das perspectivas do SUS

Por: Itiruçu Notícias - - quarta-feira, 15 de junho de 2016 - 0 Comentários

Na próxima quinta feira (16), às 18:30, no Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente no Estado da Bahia (Sindae), nos Barris, acontecerá os seminário "Saúde em Tempos de Golpe". O evento, que terá como palestrantes o ex-ministro da Saúde, Arthur Chioro, o deputado federal, e ex-secretário da Saúde da Bahia, Jorge Solla, o presidente do Conselho Municipal de Saúde de Salvador, Marcos Gêmeos, e a técnica do Ministério da Saúde em Salvador, Débora Dourado, colocará em pauta a discussão sobre a atual conjuntura da saúde, após a abertura do processo de impeachment e afastamento da presidente Dilma Roussef, além da recente proposta de desvinculação das despesas em saúde do Produto Interno Bruto (PIB), feita pelo governo do presidente em exercício, Michel Temer.

O evento, também será o lançamento da pré candidatura de Marcos Gêmeos à Câmara Municipal de Salvador. Atuante nos movimentos sociais baianos – juntamente com seu irmão gêmeo, Antônio Marcos – Marcos sempre agiu em defesa da participação popular, da população negra, das comunidades de Salvador e da classe trabalhadora. Como militante do Sistema Único de Saúde (SUS), na presidência do Conselho Municipal de Saúde de Salvador Marcos manteve durante toda sua gestão a entidade viva no seu papel fiscalizador da gestão do prefeito ACM Neto. Por diversas vezes, tornou públicas críticas fundamentadas em dados oficiais que foram determinantes para a opinião pública cobrar, com vigor, mudanças de rumo em favor dos postos de saúde da capital.

Em maio, o governo do presidente em exercício, Michel Temer, enviou uma proposta na qual os recursos para as pastas de educação e saúde devem ser reajustados por, no mínimo, a inflação do ano anterior. O investimento atual de recursos federais em saúde segue o previsto na emenda constitucional 86/2015, em que o valor de aplicação mínima é de 13,2% da receita corrente líquida.

"Se, por exemplo, a regra proposta pelo governo Temer fosse aplicada desde 2003, as verbas investidas em saúde, só no ano passado, seriam cerca de 50% menores" diz o deputado federal Jorge Solla, ex secretário da Saúde da Bahia e ex secretário nacional de Atenção à Saúde. Em nota, o Conselho Nacional de Saúde (CNS) disse que "O que pretende o ministro da Fazenda é impedir que se mantenha o padrão de gastos em 2014 e, pior, reduzi-lo a um valor que inviabilizará completamente o atendimento à saúde da população".  A diminuição do valor das verbas gira em torno de R$ 10 bilhões.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif