Novas delações já ameaçam Geddel e Henrique Alves - Itiruçu Notícias
Arrow
formatura do Proerd em Itiruçu - Imagens Wilson Novaes


Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Novas delações já ameaçam Geddel e Henrique Alves

Por: Itiruçu Notícias - sábado, 4 de junho de 2016 - 0 Comentários





O colapso do governo provisório de Michel Temer não deve ficar restrito às duas demissões já ocorridas, de Romero Jucá e Fabiano Silveira, e à terceira, já anunciada, de Fábio Medina Osório, que deverá ser defenestrado da advocacia-geral da União nas próximas horas.
Reportagem de capa da revista Veja, sobre a nova safra de delações, informa que estão denunciados por Marcelo Odebrecht e Léo Pinheiro, ex-presidentes da Odebrecht e da OAS, outros dois escudeiros de Temer: os ministros Geddel Faria Lima, da Secretaria de Governo, e Henrique Eduardo Alves, do Turismo.
Ambos, do PMDB, estão entre os mais próximos aliados do presidente interino. Geddel é quem faz todas as articulações com parlamentares. Henrique Alves foi o primeiro a deixar o governo Dilma, quando a possibilidade de impeachment se tornou real.
Se forem mesmo afastados, já serão cinco ministros demitidos em praticamente um mês de governo provisório.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif