Marilia Fontoura sai em defesa do Deputado Solla - Itiruçu Notícias
Arrow
formatura do Proerd em Itiruçu - Imagens Wilson Novaes


Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Marilia Fontoura sai em defesa do Deputado Solla

Por: Itiruçu Notícias - quinta-feira, 2 de junho de 2016 - 2 Comentários


Em resposta  as declarações do petista Jorge Assis que disse  que o Deputado Jorge Solla tem discurso afinado de ditador, por querer definir qual seria o candidato da oposição: (Relembre o caso). A esposa do Deputado,  Marília Fontoura saiu em defesa do companheiro: "Ainda não entendi o que exatamente irritou Jorge Assis".
"Solla em nenhum momento foi autoritário, apenas emitiu com firmeza sua opinião expressando o que apontou as pesquisas. Não mentiu, não agrediu nem desmereceu ninguém.  Disse que Jorge mora há muito tempo Sergipe e creditou a baixa pontuação na pesquisa a essa ausência, inferindo que o pessoal não o conhecia suficiente ( eu moro em Salvador e também continuo com vínculos com minha terra. Qual o problema?) " pontuou Marília.

Segundo informações de Marília Fontoura, Jorge  Assis não  teria pontuado  nem 1% na pesquisa sugerida em reunião com o PT e encomendada pelo mandato e quem pediu a pesquisa foi o Partido e algumas lideranças da oposição, pra saberem as possibilidades de cada um.
"Solla "adotou" Itiruçu e por aqui anda há exatos 33 anos. Adora vir descansar em Itiruçu, respeita, considera e é muito grato a nossa gente. Foi acolhido e por isso foi o mais votado entre os federais, portanto boa parte dos eleitores ou da população com certeza não tem a mesma opinião de Jorge" comentou.

Ainda segundo Marília, Solla não teria  mentido em suas declarações e não teria questionado o direito de Jorge se candidatar, emitiu sua opinião e preferência, justificando porque. e que em nenhum momento agrediu ou desqualificou ninguém. Que teria creditado aos números da pesquisa  imaginando que  talvez a rejeição ao nome de Jorge, fosse pelo fato dele morar fora e por isso não ser conhecido. "Isso não não é nenhum demérito. É normal e esperado" disse Marília.
"Agora, se alguém achar que não foi por não conhecer suficientemente a pessoa, o que justificaria a baixa aceitação e a alta rejeição que os números apontaram?" perguntou.
Ainda em defesa do companheiro ela  disse,   "Onde está o problema de um deputado preferir apoiar e botar fé numa determinada pré-candidata com chances eleitorais claras, apontada como favorita e referendada por pelo menos 3 pesquisas? Se o povo aponta uma preferência, porque  o deputado teria q ser contra? Outros ja anunciaram suas preferências e não houve tanta polêmica".

Segundo a Petistas  responder a uma "provocação" ou questionamento também não representa "briga" ou divergências insuperáveis entre pessoas que compõem, apoiam ou tentam ajudar na unidade das oposições e que  existem diferentes opiniões, diferentes pontos de vista, diferentes preferências e até contradições a serem superadas, e que isto faz parte da dinâmica do processo político para construção de qualquer possível aliança ou unidade.  "É muito bom q seja assim, com diálogo, discordâncias, concordâncias e até divergências a serem superadas no processo de construção de viabilidades ou consenso. Isso é democratizo,  transparente e aberto a consensos dissensos. Normal e naturalmente democrático".


Não se esqueça de ler isso também ...

2 comentários:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif