Lídice nega exigências para ser candidata a prefeita - Itiruçu Notícias
Arrow
AO Vivo formatura do Proerd em Itiruçu - Imagens Wilson Novaes


Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Lídice nega exigências para ser candidata a prefeita

Por: Itiruçu Notícias - quinta-feira, 9 de junho de 2016 - 0 Comentários





A senadora Lídice da Mata (PSB) nega que esteja fazendo exigências para se candidatar a prefeita de Salvador em chapa majoritária que pode ter apoio do PT. "Eu não fiz exigência alguma, sequer conversei definitivamente com nenhum dos dois [Rui Costa e Jaques Wagner]", afirmou a socialista em entrevista ao Bahia Notícias.
Lídice afirma que conversou "apenas uma vez" com o governador Rui Costa, por telefone, e uma vez com o presidente do partido PT, Everaldo Anunciação. Ela ressalta que independentemente das negociações com o PT, o PSB ainda não definiu se ela será mesmo candidata.
"O que se debate é dentro das condições, não de exigências – que não fiz – mas dentro das condições que meu partido determinar, de televisão, de ter apoios, condições políticas de analisar candidaturas, se é viável ou se não é viável. Esse debate o meu partido não fiz ainda".
A senadora diz também que a discussão sobre o tema ainda não foi marcada, por causa das "dificuldades de agenda", mas admite que "há uma busca por celeridade".
"Não tem isso de que tem que se reunir até uma data, senão o mundo acaba, não existe isso. Sabemos da urgência em Salvador e em algumas cidades, e estamos buscando fazer uma agenda mais rápida". Lídice pondera que o PSB está "atrasado", assim como o PT.
"Acho sim que o governador, tanto Rui quanto Wagner, demoraram para iniciar as conversas, assumirem o comando da organização. Estamos em cima da hora", avaliou.
A senadora defendeu como "meta", no pleito deste ano, a unidade da esquerda e da base do governo. "O que eu tenho pregado é que se construa uma unidade de esquerda na Bahia, não apenas para a esquerda em Salvador, mas também nas cidades que tem os dois turnos, que não ponham camisa de força nos partidos. É uma meta, pode não se alcançar".
Já o PC do B, que também quer encabeçar uma chapa com apoio do PT, se coloca mais arredio, afirmando que lançará a deputada federal Alice Portugal com ou sem apoio dos petistas.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif



São Pedro 2018

Melhores momentos - Por Wilson Novaes