Contas da Câmara de Ubatã são aprovadas com ressalvas - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : Eleições em Itiruçu

Eleições  serão realizada neste domingo dia 07 de outubro.  Se a mesma empolgação dos eleitores para as eleições do próximo domingo...


MAIS LIDAS DO MÊS


Contas da Câmara de Ubatã são aprovadas com ressalvas

Por: Itiruçu Notícias - quinta-feira, 9 de junho de 2016 - 0 Comentários





O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta quinta-feira (09/06), concedeu provimento parcial ao pedido de reconsideração formulado pela ex-presidente da Câmara de Ubatã, Rita de Cássia Alves Mascarenhas, para determinar a emissão de novo decisório, desta vez pela aprovação com ressalvas das contas de 2012. No decisório inicial, a relatoria já havia decidido pela aprovação dos períodos de responsabilidade de Durval Borges Filho e Hélder Pimentel Santos.
O relator do parecer, conselheiro José Alfredo Dias, manteve a multa imputada à gestora no valor de R$2.000,00 e a determinação de ressarcimento aos cofres municipais de R$42,34. Hélder Pimentel Santos foi multado em R$500,00, mas terá que devolver ao erário o montante de R$2.219,03, devido a despesas com multas e juros por atraso no cumprimento de obrigações.
No recurso, Rita de Cássia apresentou o comprovante de pagamento da folha dos servidores no montante de R$75.683,80 e das multas imputadas pelo TCM em outros processos, enquanto Hélder Santos comprovou a devolução de Duodécimos, no valor de R$78.183,68, à Prefeitura, descaracterizando as irregularidades.
Foto Reprodução


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação