Solla: Geddel e Neto pagarão muito caro pelo apoio ao golpe - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre a leucemina

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF... CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Solla: Geddel e Neto pagarão muito caro pelo apoio ao golpe

Por: Itiruçu Notícias - - sábado, 14 de maio de 2016 - 0 Comentários


O deputado Jorge Solla (PT) fez duras críticas ao ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, e ao prefeito ACM Neto (DEM) na plenária de seu mandato, realizada neste sábado em Salvador. O petista destacou o apoio majoritário da população baiana à presidente Dilma.

"Dilma foi a presidente que mais investiu na Bahia em toda a história. Há um sentimento muito grande de gratidão do povo baiano, que garantiu não só a vitória nas urnas – a mais importante e que garante a legitimidade do mandato –, mas até nas pesquisas de opinião a população baiana tem destoado do sudeste do país e tem majoritariamente se expressado contra o impeachment", destaca Solla

O deputado recordou do apoio "decisivo" que Eduardo Cunha (PMDB) ganhou de ACM Neto para se eleger presidente da Câmara, no início de 2015, bem como o apoio recebido pelo prefeito em dezembro do ano passado, quando Neto foi à Brasília para garantir os votos do DEM contra a cassação de Cunha no Conselho de Ética.

"Geddel já tentou dar o golpe na Bahia, mas o governador Wagner conseguiu reorganizar a base e, nas urnas, no voto, transformou o PMDB da Bahia em coadjuvante de oposição. Já o golpismo de Neto está no DNA. Tenta se vender como novidade, mas faz a política velha e suja, conspirou o tempo todo para derrubar Dilma", descreveu o petista.

"Nos dias que se sucedem, cada dia vai ficando mais clara a traição e a injustiça, a cada fala dos ministros e do presidente biônico a população vai percebendo o quanto os interesses deles são antagônicos com o que a população escolheu para si, para seu destino, para seu futuro. Estes golpistas sentirão na pele o peso do golpe quando as urnas cobrarem a conta", completou.

A plenária, que reuniu 400 pessoas na Faculdade de Arquitetura da UFBA, teve a participação do deputado Afonso Florence, do secretário Josias Gomes, do presidente do PT,  Everaldo Anunciação, do prefeito de Irará, Derivaldo Pinto, dos vereadores Gilmar Santiago e Vânia Galvão, além de vereadores e secretários de prefeituras do interior.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

ENQUETE
Você votaria em quem para presidente?

Álvaro Dias (Podemos)
Ciro Gomes (PDT)
Cristovam Buarque (PPS)
Eymael (PSDC)
Fernando Collor (PTC)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
João Amoêdo (Novo)
Levy Fidelix (PRTB)
Lula da Silva (PT)
Manuela D'Ávila (PC do B)
Marina Silva (Rede)
Valéria Monteiro (PMN)
Outro
Nenhum