Maracás: Idosa encontrada morta dentro de residência - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre a leucemina

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF... CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Maracás: Idosa encontrada morta dentro de residência

Por: Itiruçu Notícias - - sábado, 28 de maio de 2016 - 0 Comentários


 Crime Barbaro na cidade de Maracas tendo como vitima a idosa de prenome Georgina Maria da Silva, de 84 anos, popular Gió, na Praça Rui Barbosa, centro da cidade.
Segundo a informações do  o corpo da idosa foi encontrado no final tarde tarde desta sexta-feira (27), com sinal de um golpe na cabeça. A residência da vitima estava toda revirada, dando evidencias que  procuravam dinheiro. A idosa morava sozinha, ainda não foi confirmado falta de nenhum objeto no local.
Foto Alan Silva
Presumisse que o crime teria acontecido ainda na noite de quinta-feira (26) após ato religioso da Igreja Católica pelas ruas da cidade quando a vitima foi pra casa.
a anciã havia se retirado para casa
A policia foi acionada para realização do levantamento cadavérico e perícia técnica em busca de alguma pista do crime.
A Delegada  Drª Viviane Rosa de Alcântara, da Delegacia de Polícia Territorial de Maracás juntamente com sua equipe que está a frente as  investigações em busca de alguma pista do  suposto crime,  revelou para o Itiruçu Noticias que a  perícia de local foi muito bem feita e, com certeza vai trazer elementos de prova.
"É preciso muita calma na condução da investigação para que não haja injustiça, há suspeito e está sendo investigado, ele não é a única linha de investigação. Não podemos divulgar nada para não atrapalhar o nosso trabalho". concluiu a delegada.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

ENQUETE
Você votaria em quem para presidente?

Álvaro Dias (Podemos)
Ciro Gomes (PDT)
Cristovam Buarque (PPS)
Eymael (PSDC)
Fernando Collor (PTC)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
João Amoêdo (Novo)
Levy Fidelix (PRTB)
Lula da Silva (PT)
Manuela D'Ávila (PC do B)
Marina Silva (Rede)
Valéria Monteiro (PMN)
Outro
Nenhum