Alimentos causam a acne? Cuidados com a pele - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre a leucemina

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF... CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Alimentos causam a acne? Cuidados com a pele

Por: Itiruçu Notícias - - terça-feira, 31 de maio de 2016 - 0 Comentários


Mas não é o alimento, isoladamente, que dá espinha. Para ela aparecer é necessário haver uma relação negativa entre o organismo e a comida. Se existe tendência acneica, provavelmente a pele será afetada por esse fator externo.
Uma alimentação saudável beneficia a aparência e a saúde da pele, mas sua influência no surgimento da acne ainda é bem pequena”.

Todos sabemos que uma alimentação saudável e balanceada é um dos grandes passos para uma pela bonita e saudável. Este post foi elaborado em parceira com as nutricionistas da Natue.
Existem diversos tipos de acne, que podem ocorrer em todas as pessoas, porém, em menor intensidade em orientais e negros. É muito comum na época da adolescência, atingindo cerca de 95% dos meninos adolescentes e 83% das meninas. Acontece em decorrência de influência genética, hormonal, hiperqueratinização folicular e secreção sebácea. A teoria da associação de fatores ambientais e acne está relacionada a produção de sebo, visto que um possível aumento da insulina, associado à presença de outros fatores, estimula a produção do sebo.

A acne está relacionada não a quanto se come, mas ao que se come. Muitos estudos têm demostrado que alimentos de elevado índice glicêmico podem gerar uma secreção sebácea acentuada.
A relação do consumo do chocolate com o aparecimento das espinhas foi tida como mito por muito tempo. Mas a crença, que apontava a guloseima como um dos principais vilões para a pele, tem fundamento científico.

Alimentos que aumentam o açúcar no sangue: como a farinha de trigo e seus derivados como pão, bolo, biscoitos e bolachas, além de doces, chocolates, refrigerantes e sucos industrializados.
Leite: também pode elevar a insulina no sangue e pode conter muitos hormônios que podem favorecer a formação da acne; outro ponto é que o leite pode ter iodo, devido ao uso de soluções à base de iodo nos equipamentos de ordenha, e isso também poderia levar ao aumento da acne.
Para ter melhora do quadro de acne é necessário ter uma alimentação rica em verduras, legumes, cereais integrais e evitar os alimentos refinados e derivados de leite.

Os nutrientes que podem auxiliar no controle da acne são:

Ômega 3: tem importante ação anti-inflamatória.

Vitamina A e zinco: presentes em cenoura, mamão, vegetais verde-escuros, nozes e carnes vermelhas, já que diminuem a formação da acne.


O chocolate é realmente o grande vilão da acne?
“Até alguns anos atrás acreditávamos que não havia influência, mas hoje as pesquisas mostram o contrário. Os alimentos altamente calóricos e com alto teor de gordura, principalmente os ricos em glicose (como chocolate), favorecem as infecções. Quando o organismo se depara com picos de açúcar, ele rapidamente coloca a insulina (hormônio que controla a taxa de glicose) em ação para controlar as alterações, e quando há desregulação hormonal, aparece a acne”, Por ter em sua composição leite e açúcar, o chocolate pode agravar a acne.
Isso acontece pois esses alimentos (e os citados acima) estimulam os receptores hormonais da pele e podem causar o mau funcionamento das glândulas sebáceas. O resultado é que o sebo produzido se acumula dentro dos poros e fica susceptível à proliferação de bactérias dando origem à acne. Então, pode-se dizer que esses alimentos indiretamente podem causar acne sim. Já as versões de chocolates funcionais, sem lactose, sem açúcar e com alto teor de cacau, podem fazer parte de uma dieta variada.

Cuidados com a pele

É quase inevitável olhar as espinhas ou cravos e não cutucá-los, mesmo que seja com a intenção de limpar a pele. Só que a velha mania, que parece boa solução, pode ser um tiro no pé. “Estourar as espinhas pode aumentar a inflamação, a chance de manchar a pele e de provocar o surgimento de uma cicatriz no rosto”.

O correto é manter o rosto limpo para evitar acúmulo de gordura na pele. “Lavar o rosto duas vezes por dia com sabonete especial e evitar ficar passando a mão na face para não transferir as inúmeras bactérias e sujeiras”. A limpeza de pele profissional é recomendada pelos dermatologistas, apenas é necessário se certificar da higiene do estabelecimento .

Tratamento

Os tratamentos variam de acordo com a gravidade da acne. Para casos mais leves existem medicamentos tópicos em forma de cremes (em gel).

Para casos mais graves, existem antibióticos e anti-inflamatórios via oral. O tratamento mais conhecido é feito com isotretinoína, um medicamento que regula a produção de gordura pelo organismo.
Fonte Biopsico Saúde


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

ENQUETE
Você votaria em quem para presidente?

Álvaro Dias (Podemos)
Ciro Gomes (PDT)
Cristovam Buarque (PPS)
Eymael (PSDC)
Fernando Collor (PTC)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
João Amoêdo (Novo)
Levy Fidelix (PRTB)
Lula da Silva (PT)
Manuela D'Ávila (PC do B)
Marina Silva (Rede)
Valéria Monteiro (PMN)
Outro
Nenhum