Itabuna: inseticida residual para combater Aedes - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre Câncer de cólon - Intestino Grosso

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Itabuna: inseticida residual para combater Aedes

Por: Itiruçu Notícias - - domingo, 6 de março de 2016 - 0 Comentários





A primeira cidade baiana a receber borrifadores de inseticida residual de aplicação intra-domiciliar para combater o mosquito Aedes aegypti será Itabuna, no sul do estado. O anúncio foi feito pelo secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, na manhã deste sábado (5), durante visita ao município e a Ilhéus, na mesma região.

Na próxima semana, serão disponibilizados 92 borrifadores para a Secretaria Municipal de Saúde. O produto combate o aedes num período de 12 meses e vai ser aplicado em domicílios nas áreas com maior incidência de focos.O secretário também destacou os serviços de limpeza da calha e das bordas e a retirada de baronesas do Rio Cachoeira, que corta a cidade, reduzindo os focos do mosquito.
Acompanhado do assessor especial Mateus Simões, do superintendente dos Gestão do Sistemas de Regulação da Atenção à Saúde (Suregs), José Rodrigues, e da gerente do Núcleo Regional de Saúde/Sul, Marisa Eduane, Vilas-Boas visitou o QG da Dengue, onde são atendidos pacientes com suspeita de dengue, zika vírus e chikungunya, e o Hospital de Base de Itabuna, que abriga uma unidade de atendimento a pacientes necessitados de internação. O QG da Dengue, implantado pela Prefeitura de Itabuna, em parceria com a Sesab, conta com 120 profissionais trabalhando em esquema de plantão todos os setes dias da semana. São nove médicos, sendo cinco durante o dia e quatro no regime de plantão noturno.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif