19º BPM apreende mais de 3 KG de maconha em Jequié - Itiruçu Notícias
Arrow
Cores da Saúde: Julho Amarelo alerta sobre câncer nos ossos



Passeio Cicloturismo de Itiruçu


EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


19º BPM apreende mais de 3 KG de maconha em Jequié

Por: Itiruçu Notícias - quinta-feira, 17 de março de 2016 - 0 Comentários


Nesta quarta-feira(16), a Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) do 19 BPM, flagraram, no bairro do Jequiezinho, Jussiara Alves Souza(53) e Elizete de Jesus Lourenço(51), com mais de 3kg de maconha prensada.
Segundo informações complementares dos militares da CETO, uma denúncia anônima teria levado os policiais até o loteamento Mirassol para verificar um possível caso de tráfico de drogas. Após efetuar o cerco numa das residências, as envolvidas tentaram dispensar, por cima do muro da residência, um pacote contendo 05 “trouxinhas" de maconha e 11 "pedras" de crack. No desenrolar da diligencia, os milicianos da CETO conseguiram descobrir, enterrado no fundo do quintal de uma das casas, exatos 3,090 kg de maconha prensada em grandes tabletes.

Os policiais militares da CETO, verificaram posteriormente que ambas as envolvidas já foram condenadas anteriormente por tráfico de drogas. Segundo os milicianos, Jussiara Alves Souza estava solta desde janeiro de 2016 e Elizabete de Jesus Lourenço já estava em liberdade há pouco mais de três anos.
Departamento de Comunicação Social


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif



São Pedro 2018

Melhores momentos - Por Wilson Novaes