Mulher morre no próprio velório, e família fica em pânico - Itiruçu Notícias
Arrow
Cores da Saúde: Julho Amarelo alerta sobre câncer nos ossos



Passeio Cicloturismo de Itiruçu


EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Mulher morre no próprio velório, e família fica em pânico

Por: Itiruçu Notícias - sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016 - 0 Comentários


Uma jovem de 24 anos causou pânico entre os familiares após abrir os olhos durante o próprio velório em Conselheiro Lafaiete, na região central de Minas Gerais. A Polícia Civil quer apurar se houve crime.
De acordo com o marido, Jéssica passou mal e sofreu um infarto, e foi dada como morta no Pronto-socorro em que foi levada. A causa da morte foi registrada como embolia pulmonar.
No velório, quando o caixão estava prestes a ser fechado, a jovem se mexeu, abriu os olhos e apresentou sinais vitais, como respiração leve. Houve gritaria e muitas pessoas saíram correndo.
“A mulher foi dada como morta no pronto-socorro. No meio do velório, ela acordou. Mexeu o olho, mexeu os braços. Começou aquele desespero, todo mundo começou a gritar”, disse o marido da vítima.
Segundo informações do R7, o Corpo de Bombeiro foi chamado, mas Jéssica acabou não resistindo e morreu no local.
A Polícia Civil informou que vai abrir procedimento investigativo para apurar a causa da morte da jovem. O laudo deve ficar pronto em até 30 dias.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif



São Pedro 2018

Melhores momentos - Por Wilson Novaes