Mangueira é campeã com homenagem a Maria Bethânia - Itiruçu Notícias
Arrow
Cores da Saúde: Julho Amarelo alerta sobre câncer nos ossos



Passeio Cicloturismo de Itiruçu


EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Mangueira é campeã com homenagem a Maria Bethânia

Por: Itiruçu Notícias - quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016 - 0 Comentários


A Mangueira venceu o carnaval carioca pela 18ª vez com 269,8 pontos. A verde-e-rosa homenageou a cantora Maria Bethânia, que já passou pelo sambódromo uma vez, quando a escola fez desfile sobre os Doces Bárbaros em 1994. Em segundo lugar ficou a Unidos da Tijuca, com 269,7 pontos.
 
A ordem da abertura dos envelopes foi: samba-enredo, enredo, comissão de frente, fantasias, mestre-sala e porta-bandeira, harmonia, evolução, bateria e alegorias e adereços. Por isso, alegorias e adereços, o último critério a ser lido, foi o primeiro critério de desempate, seguido das notas de bateria.

Com um enredo, a Estação Primeira de Mangueira ainda conquistou o Estandarte de Ouro do Jornal O Globo de melhor escola do Grupo Especial. veja premiação:
Melhor escola: Mangueira
Melhor Comissão de Frente: Salgueiro
Melhor Bateria: Beija-Flor
Melhor Porta-Bandeira: Marcela Alves
Melhor Mestre-Sala: Phelipe Lemos
Melhor Samba Enredo: Portela
Melhor Puxador: Ito Melodia
Melhor Ala de Baianas do Grupo Especial: Estácio
Melhor Enredo: Salgueiro
Melhor Ala: União da Ilha, “Cariocas são dourados”
Personalidade do Grupo Especial: Monarco, na Portela
Revelação do Grupo Especial: Leandro Vieira, carnavalesco da Mangueira

Todas as escolas cumpriram o regulamento, concentração, cronometragem, comissão de dispersão e comissão de verificação das obrigatoriedades regulamentares. Ou seja, nenhuma escola foi punida.
A votação seguiu apertada até a apuração do último quesito. Salgueiro e Mangueira estavam empatadas, mas a Mangueira se consagrou Campeão do Carnaval 2016.

Classificação Geral

1º Mangueira 269,8 pontos
2º Unidos da Tijuca 269,7 pontos
3º Portela 269,7 pontos
4º Salgueiro 269,6 pontos
5º Beija-Flor 269,3 pontos
6º Imperatriz Leopoldinense 269,2 pontos

7º Grande Rio 268,8 pontos
8º Unidos de Vila Isabel 267,9 pontos
9º São Clemente 267,9 pontos
10º Mocidade 266,7 pontos
11º União da Ilha 266 pontos
12º Estácio de Sá 265,2 pontos *Rebaixada

As seis melhores colocadas voltam à Sapucaí no sábado (13), a partir de 21h, para o Desfile das Campeãs.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif



São Pedro 2018

Melhores momentos - Por Wilson Novaes