Pastor é acusado de ser autor de crime hediondo - Itiruçu Notícias
Arrow

Acesse e curta nossa FAN PAGE no Facebook




Anuncie aqui seu evento! Apoio cultural Itiruçu Notícias


Campanha


As mais visitadas


Colunistas

O Seu Direito

Êta, Lê, Lê


Utilidade Pública


CENIPA

PM

Pastor é acusado de ser autor de crime hediondo

Edição: Itiruçu Notícias - - quinta-feira, 21 de janeiro de 2016 - 0 Comentários

O crime bárbaro que aconteceu na noite de terça-feira (19) começa a ser desvendado e capturado os criminosos. As vitimas o pastor Carlos Eduardo de Souza, sua esposa pastora Marcilene Oliveira Sampaio e a sobrinha, Ana Cristina Santos Sampaio,  foram sequestrados por três homens  e levados para o matagal, localizado as margens de uma estrada que liga a cidade de Vitoria da Conquista com o município de Barra do Choça. 

 Lá foram torturados, sendo que, o pastor Carlos Eduardo conseguiu fugir pelo matagal, onde esperou o amanhecer o dia e acionou a polícia. As mulheres foram torturadas a golpes de pedras e espancamentos até a morte.

  A 10ª Coordenadoria da Polícia Civil do Interior (COORPIN), localizada no município de Vitoria da Conquista, Sudoeste, Baiano, que tem o comando do delegado Marcus Vinicius de Morais Oliveira foi acionada render em flagrante os dois homens, o falso Pastor, Fábio de Jesus Santos, 34anos,  e o “segurança” Adriano Silva dos Santos, 36 anos  que participaram do crime, que teria como autor intelectual o Pastor Evangélico, identificado até o momento como, Edimar que está sendo procurado pela policia.
O Delegado pede a quem tiver qualquer informação que entre em contado pelos números 190 ou 197, pois as policiais estão em diligencias continuadas a procura do mentor desse crime que abalou a população conquistense. 

Durante entrevista coletiva cedida a Imprensa, na tarde desta quarta-feira, o coordenador da Polícia Civil, Marcus Vinicius contou que o Pastor Edimar é tido como o mandante e executor do crime.
“Todos eles pertenciam a uma igreja evangélica, sendo que, recentemente a pastora havia se desvinculado da igreja e montado uma nova igreja. Com isso, o pastor Edimar, se irritou, já que vários fiéis da antiga igreja saíram e passaram a frequentar a igreja da pastora Marcilene. Isso gerou uma revolta do suspeito, que se uniu aos dois presos e realizaram esse crime que chocou toda a Bahia”, finalizou o delegado.
Fotos via WhatsApp


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Publicidade

 photo dra rita coacutepia_zpsxcdxnsbz.png

 photo gilmarblogif_zpsi4cfgiei.gif
COMPRE AQUI

Ou pelo WhatsApp:
(11) 98109 7241