Governo inspecionar os estragos causados pela chuva - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Governo inspecionar os estragos causados pela chuva

Por: Itiruçu Notícias - quinta-feira, 28 de janeiro de 2016 - 0 Comentários





Os estragos causados pelas chuvas intensas no município de Jaguaquara foram analisados em reunião na Secretaria de Relações Institucionais (Serin) da Bahia.

Para enfrentar a situação e determinar ações imediatas, uma representação do Governo do Estado, formada por técnicos da Defesa Civil, Seinfra, e outras Secretarias, irá ao município neste sábado (30).
A decisão foi tomada pelo secretário Josias Gomes após audiência com o prefeito do município, Giuliano de Andrade Martinelli (PP), que esteve acompanhado pelo deputado estadual Aderbal Caldas e por Rodrigo Hita, titular da Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec) do Estado.
“Apresentei ao governo do Estado as demandas que surgiram em função das fortes enchentes causadas pelas chuvas na sede de Jaguaquara desde o dia 4 deste mês. 20 casas desabaram e cerca de 300 famílias foram afetadas. Os desabrigados já estão recebendo o aluguel social”, diz o prefeito.
Segundo ele, inúmeros bairros ficaram isolados, pontes caíram e em várias ruas os paralelepípedos foram arrancados, abrindo enormes crateras. “A Escola Eraldo Tinoco, no bairro da Lagoa, chegou a ter água na altura de 1 metro. Em função de tudo isso, decretei Estado de Emergência, o que já foi reconhecido pelo governo do Estado”, informa Giuliano Martinelli.
Fonte: SERIN-Governo da Bahia


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif