Coluna Joselito Fróes: Dona Elza do Armarinho - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Coluna Joselito Fróes: Dona Elza do Armarinho

Por: Itiruçu Notícias - quarta-feira, 13 de janeiro de 2016 - 0 Comentários


Morreu na manhã desta quarta-feira(13), uma das mais tradicionais comerciante de Itiruçu,  Dona Elza do Armarinho. 
"A história da Praça Vivaldo Bastos não seria a mesma, se não fosse o Armarinho de Dona Elza.
Do zíper ao retalho de pano, da agulha ao guarda-chuva, da gude ao metro de fita.
O Armarinho de Dona Elza tinha de tudo, e mesmo se não tivesse, ela fazia questão de encomendar. E se precisasse de informação, lá você encontrava o exemplar do dia do Jornal A Tarde.
Bons tempos!
Quem não se lembra de uma morena forte, de voz firme e uma negociante nata no fundo do seu armarinho? Pois bem! Assim era Dona Elza.
Hoje, mesmo sem o imponente Armarinho de Dona Elza, a Praça Vivaldo Bastos chora a saudade da sua companheira ilustre que agora fecha as portas da vida para o descanso eterno. 
Que a senhora descanse em paz, Dona Elza do Armarinho." Texto Joselito Fróes


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif